6 Pontos para chamar a atenção de recrutadores no Linkedin.

Com um crescimento vertiginoso no número de usuários no mundo todo, a rede Linkedin vem se consolidando como plataforma essencial para quem está de olho no mercado de trabalho.

Pesquisas apontam que mais de 85% dos recrutadores estão usando o LinkedIn, para encontrar candidatos – o que reforça o valor da rede, seja para quem está buscando emprego ou para quem esteja buscando o talento ideal.

Com o aumento no número de perfis, consequentemente quem aumentou também foi a concorrência. Só no Brasil, estamos chegando a marca de 50 milhões de perfis.

Por isso, é absolutamente importante que seu perfil se destaque e chame a atenção de um recrutador – e ele precisa sentir confiança nas informações que está lendo.

Separei 6 pontos importantes que os recrutadores olham em um perfil, quando estão caçando talentos na maior rede social profissional do mundo. 

Às vezes, uma única visita ao seu perfil pode significar a chance do novo emprego. Converse com o recrutador com o seu perfil e…

1.    Deixe claro que está procurando emprego

É bem efetivo dizer aos recrutadores que você está procurando ativamente por trabalho. E não é escrevendo no título do perfil “Em Busca de Recolocação” a melhor forma para tal (veja o vídeo ‘Chame a atenção de recrutadores com o título do seu perfil no LinkedIn).

Na verdade, você pode fazer isso de duas maneiras:

#1 Ative a funcionalidade “Interesses de Carreira” e defina função, região geográfico, segmento de atuação e qual sua disponibilidade para início.

#2 Mencione em seu histórico de trabalho ou resumo sobre sua busca, ambições e que tipo de posição está buscando.

2. Conte a história da sua carreira

É inegável a força e o valor do tão falado ‘storytelling’ – que nada mais é do que a forma com que conta sua história. Isso implica num texto e não em uma porção de bullets.

Quando se trata de um perfil no LinkedIn, essa história deve ser como você entrou na indústria, como suas responsabilidades e valores evoluíram e como suas experiências passadas continuam a impulsionar seu trabalho.

Mesmo que tenha passado de um emprego para outro, deixe claro que sua carreira esteve em constante crescimento – ganhando força ao longo do tempo.

O espaço ideal para contar sua história de carreira é no resumo do seu perfil. Faça o download do e-book gratuito ‘Crie um resumo atraente no seu perfil ‘ e obtenha mais dicas para escrever seu resumo.

3. Aproveito o máximo para descrever suas experiências

Quanto mais ajudar o recrutador a conhecer sobre suas experiências e vivências profissionais, melhor em todos os aspectos. Vejo muitos perfis onde são preenchidas as informações com nome da empresa, cargo e data de entrada e saída, e nada mais.

Isso não diz muito sobre as conquistas que aconteceram nos períodos citados. O recrutador não tem bola de cristal (e nem tempo) para ficar adivinhando o que ‘fulano deve ter realizado em seu trabalho’.

Seja o mais claro e objetivo possível. Também é útil detalhar sobre como você se especializa e o quão profundo é o seu conhecimento do setor. Sem preguiça, escreva sobre suas realizações e conquistas e não somente sobre a função que exercia.

4. Preste atenção na linguagem que está usando

O recrutador nem sempre é mega-blaster especialista em todas as áreas de atuação, inclusive a de decifrar siglas e termos técnicos. Certifique-se que o conteúdo do seu perfil seja amplo, porém sem exagerar em termos que somente pessoas da sua área entenderiam.

Alguns exemplos:

Gosto de lidar com pessoas, sempre buscando identificar talentos e desenvolvê-los para construir times de alta performance. 

Sou uma pessoa versátil, com capacidade para assumir novos desafios que visam gerar valor ao negócio. 

Outro ponto de atenção é escrever na primeira pessoa, pois é você conversando com quem está lendo seu perfil, e não um terceiro apresentando suas competências, vivências, realizações e sua história de carreira.

5. Deixe claro, muito claro que quer e o que tem para oferecer.

Ao ler o seu perfil um recrutador deve entender qual é a sua experiência de trabalho, sua formação acadêmica, formação extra-curricular e o tipo de vaga que está procurando.

Ao preencher os campos do seu perfil, responda às perguntas:

  • O que eu faço?
  • Qual o propósito do meu trabalho?
  • Para quem faço?
  • Como faço?

Seu resumo e histórico de trabalho precisam mostrar sua marca e fornecer uma visão do valor que você oferece, além de explicar porque você seria o candidato ideal. E somente você tem o conhecimento suficiente para contar tudo isso.

6. Busque Recomendações e validações que quem já trabalhou com você

Certamente, na dúvida entre dois candidatos aquele que tenha mais recomendações em seu perfil pode levar vantagem.

Reserve um tempinho para pensar em pessoas que trabalharam com você em determinado momento da sua carreira e solicite uma recomendação. Confesso que é algo um tanto quanto trabalhoso, mas imagine o valor que isso representará para toda a sua carreira.

Mesmo assim, ainda se sente acanhado para solicitar recomendações? Clique aqui para assistir ao vídeo “Como solicitar recomendação no LinkedIn sem parecer chato?”

Da mesma forma, conceder recomendações a profissionais com os quais cruzou em sua carreira é uma maneira bacana de ganhar destaque, ao mesmo tempo em que evidencia habilidades como ‘espírito de liderança’ e ‘trabalho em equipe’.

Você não precisa ‘berrar aos quatro ventos’ para chamar a atenção de recrutadores.

Um perfil ideal é aquele que demonstra você como um profissional que tem muito a oferecer e um futuro promissor. Leve o tempo que for preciso para pensar no conteúdo de cada espaço do seu perfil.

Primeiramente, coloque-se no lugar dele e imagine o que ele busca para determinada vaga. Depois, basta criar respostas que respondam tais perguntas em formato de texto (o tal do storytelling).

Claro, muito fácil falar, mas um bocadinho difícil de fazer. Concordo, mas lembre-se que o resultado de todo este esforço pode ser o seu ‘tão sonhado novo emprego’.

Mãos à obra e não desista.

Obrigada por sua leitura. Deixe sua opinião ou dúvida nos comentários – adoro entender o que as pessoas pensam (especialmente, sobre o que escrevi, rsrsrsrs).

Abraços. Luciane Borges

Sobre a autora – Geminiana idealista, apaixonada por aprender e ensinar, fissurada pelo poder das redes sociais, sou executiva de comunicação, relações públicas, estrategista de mídias sociais, e palestrante, com MBA em Comunicação Corporativa pela ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing.

Após atuar por mais de 20 anos em multinacionais dos segmentos B2B e B2C, desenvolvendo projetos para construção de reputação e consolidação da marca, resolvi inovar na carreira, mergulhando no universo digital.

Hoje, assessoro profissionais e empresas a construírem e fortalecerem reputação digital, por meio de posicionamento estratégico nas redes sociais profissionais. Idealizadora da BeIn Digital, ministro cursos online sobre LinkedIn, sou palestrante sobre o tema e conduzo workshops – visando à ensinar os profissionais a explorarem tudo o que o LinkedIn oferece.

Visite meu blog lucianeborges.com para ler mais artigos, sobre carreira, networking, superação, empreededorismo e LinkedIn.

Visite o meu perfil e visualize minhas publicações

Convido-o a visualizar meu canal no youtube e assistir a todos os vídeos da série: Como Destacar o seu Perfil no LinkedIn.

Deixe seu comentário: