Procurar emprego na rede LinkedIn – 5 maneiras efetivas e pouco exploradas

Procurar emprego na rede LinkedIn

Atividade adicionada à rotina de milhões de brasileiros nos últimos dois anos, procurar emprego é uma atividade, muitas vezes, chata demais da conta. Atualização do CV, criação de perfis em sites de emprego, preenchimento de uma longa lista de informações no site de empresas, busca de vagas, networking e aí por diante. Rotina nada fácil e, ainda por cima, desconhecida pela grande maioria dos profissionais.

Esta semana conheci um excelente profissional que, após 22 anos na mesma e única empresa na qual trabalhou, se juntou ao crescente número de pessoas em busca de recolocação no mercado de trabalho. Carlos (o nome dele) foi bastante sincero e humilde em revelar pra mim que ‘não faz a mínima ideia de como buscar emprego’.

Não sou headhunter ou coach de carreira, portanto vou me ater à minha área de especialização, a rede Linkedin – e já deixo aqui aberto o meu convite a profissionais destas áreas para contribuírem com dicas nos comentários deste artigo.

Ao terminar de apresentar ao Carlos os diferentes caminhos que ele pode percorrer na maior rede profissional da internet, para procurar emprego, eis que me deparo com um olhar arregalado, porém esperançoso ao mesmo tempo.

Linkedin para profissionais

“Nossa Lu, absolutamente desconhecia estes caminhos. Para mim, bastava olhar na ‘aba da vagas’ e checar se há alguma vaga em aberto para o meu perfil profissional, e depois clicar em candidatar”.

 

 

 

Assim como Carlos, sei que muita gente talentosa e qualificada, deixa de aproveitar todas as oportunidades que a rede LinkedIn oferece. Pensei que seria ótimo imaginar outras tantas com um olhar de surpresa positiva, e listei caminhos opcionais a simples busca por vagas.

#1 – Perfil Completo

Imagine que no Brasil somos mais de 30 milhões de perfis cadastrados, e que este é o número de competidores do ponto de vista do sistema. Ou seja, quanto mais completo e direcionado for o seu perfil, maiores as chances do robô do mecanismo de busca localizar o seu perfil. Perfil completo significa Perfil Campeão, e é esta classificação que você deve buscar.

No vídeo abaixo, trago o conceito e campos essenciais a serem preenchidos para ter um perfil Campeão no LinkedIn.

#2 – Interesses de Carreira

Esta é uma recente e valiosa funcionalidade da plataforma, onde você pode compartilhar seus interesses da carreira com os recrutadores. É 2x mais provável que recrutadores entrem em contato contigo, se souberem seus interesses. Além disso, por meio deste sistema você ainda ajuda o robô do mecanismo de busca localizar seu perfil.

Clique no ícone vagas e selecione Atualizar Interesses de Carreira.

Ao abrir a janela de opções, basta ir preenchendo as informações sobre cargos de interesses, localidade, tamanho da empresa, tipo de contrato.

#3 – Participe de Grupos

Pode ter certeza de que há um grupo na rede específico para a sua área de atuação e, o melhor, um grupo de vagas. Participe de grupos que compartilham vagas, pois muitas delas são divulgadas somente nos grupos ou no perfil dos participantes dos grupos.

Como localizar estes grupos? Vá até a caixa de pesquisa do seu perfil e digite palavras-chave referentes à sua área. Quando vier o resultado, clique em GRUPO e depois selecione o grupo que julgue mais adequado ao seu momento de carreira.

Te convido a ler o meu artigo Participar de grupos no Linkedin pode ser o diferencial para ganhar destaque na rede’, para entender um pouco mais sobre essa funcionalidade pouco explorada, porém muito efetiva

#4 – Siga as empresas do seu interesse

Sabe aquele velho ditado ‘se você não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve’,?É bastante adequado à árdua rotina de buscar emprego. Antes de sair disparando CVs ou clicando em ‘candidatar’, faça uma lista de empresas, setores e segmentos de negócios que você tenha interesse e nos quais seu perfil tenha mais aderência.

Por exemplo, Indústria Farmacêutica ou Indústria Química. Este é o foco inicial da busca, a qual segue o mesmo caminho – caixa de pesquisa do seu perfil. Quando tiver o resultado da pesquisa com base na palavra-chave, clique em Empresa, visite cada uma delas e clique em ‘seguir’. Diversas e diversas empresas, até mesmo multinacionais, divulgam vagas no feed de notícias tão somente. Ou seja, se você não estiver acompanhando as publicações da empresa, não terá acesso às vagas em aberto.

#5 – Conecte-se ou Siga Coachs, Headhunters ou Recrutadores

Na rede LinkedIn tudo gira em torno de palavras-chave e conexões. Quanto maior o número de conexões, melhores os resultados. Claro, isso não significa sair conectando com todo mundo. O segredo está no foco!!

Muitos profissionais do mercado de recolocação profissional, como recrutadores, coachs e headhunters já atingiram o número máximo de 30 mil conexões de primeiro grau e, portanto, não podem aceitar mais convites de conexão. Sem problemas, você pode apenas seguir estes perfis. Com isso, sempre que houver uma publicação deles, você será notificado.

Quando visitar o perfil, mesmo que seja conexão de segundo grau, clique nas 3 bolinhas que ficam na lateral direita superior (ao lado da foto). Depois, basta clicar em seguir.

Estas são algumas das maneiras super-efetivas e pouco utilizadas, para que as pessoas possam explorar todas as oportunidades que a rede LinkedIn oferece. Nenhuma delas tem um botão mágico ou são de efeito instantâneo, mas certamente podem ajudar na busca por recolocação num mercado altamente competitivo.

Espero que ao terminar de ler este artigo, seus olhos estejam como os do Carlos -arregalados de surpresa positiva, ao se deparar com uma gama de novos caminhos. Melhor ainda, que algum deles o leve à tão sonhada mensagem ‘você foi aprovado’.

Caso queira conhecer o universo de possibilidades da rede LinkedIn, convido-o a conhecer meu curso online Linkedin Express. Como chamar a atenção do mercado com o seu perfil LinkedIn

 

Deixe seu comentário: