Hashtag ganha força no Linkedin. Saiba como explorar a funcionalidade e aumentar o alcance do seu perfil.

Para fortes usuários de redes sociais como Instagram e Facebook as Hashtags são pra lá de conhecidas, mas agora este símbolo de comunicação está invadindo o feed de notícias da rede Linkedin e formando comunidades fortes sobre diversos temas.

Por ter uma funcionalidade unificadora, as Hashtags têm sido usadas como impulsionadoras de movimentos sociais. A internet democratizou a comunicação e as mídias sociais se transformaram em meio para a circulação de informações, mobilização e para gerar visibilidade a causas diversas.

A função da hashtag é agrupar grande quantidade de informação sob um mesmo assunto por meio de palavras-chaves. Automaticamente, transformam-se em hiperlinks dentro da rede.

Uma hashtag é criada quando o símbolo # é associado a uma palavra, e é utilizada como palavra-chave que gera hiperlinks, levando o usuário a uma nova página no site, na qual são listadas todas as publicações que fizeram uso da mesma marcação.

No artigo Os impactos de uma década com a #Hashtag conto sobre a minha surpresa ao notar que até minha mãe, com seus mais de setenta anos de idade, sabe o que é a dita cuja da Hashtag – o que nos mostra que já atingiu várias gerações.

Popularizadas inicialmente na rede social Twitter e, posteriormente, se expandindo para outras formas de mídias sociais, quase nenhum post ou foto são publicados sem #algumtermoqueresumaoassunto. Mesmo assim, esta super funcionalidade símbolo da era digital ainda era usada timidamente na rede Linkedin.

Mas isso também faz parte do passado, porque parece que a maior rede social profissional do mundo está investindo fortemente na unificação de temas por meio de #Hashtags. Na rede Linkedin agora é possível (e altamente indicado) que siga, compartilhe e participe de hashtags estratégicas. Ao clicar em uma delas uma lista de atualizações relevantes é apresentada, assim como em qualquer outro ambiente online.

Como as hashtags funcionam no LinkedIn?

O uso do símbolo # ajuda a aumentar o alcance do seu perfil e a posicionar suas atualizações para pessoas que não estejam na sua rede, sem precisar estar conectado, receber comentários ou obter curtidas nas atualizações de status.

Ao visitar o LinkedIn e digitar qualquer hashtag na barra de pesquisa, você receberá uma lista de pessoas, empresas, grupos e postagens relevantes. Como se fossem ‘comunidades’ falando sobre determinado assunto.

O interessante é que você escolhe os temas que pretende seguir. Eu, por exemplo, sigo temas relacionados às minhas áreas de interesse, o que me permite ter acesso a estas comunidades.

#RelaçõesPúblicas #MarketingDigital #NetworkingSocial #Negócios #Inteligência Emocional #Networking

Para ter acesso à mais e mais opções de temas para seguir, clique aqui e escolha os temas que são mais relevantes pra você e para o seu desenvolvimento. A grande maioria dos temas ainda está no idioma inglês, mas creio que isso também seja questão de tempo, até que os usuários da rede no Brasil formem um consistente grupo de #comunidades.

E o que acontece quando localizo um tema do meu interesse e clico em seguir?

Primeiramente, o conteúdo destas comunidades começa a aparecer organicamente no feed de notícias. Além disso, com uma seleção de comunidades já estabelecida, fica mais simples e fácil acessar conteúdos bacanas seja para seu aprendizado ou para compartilhar com a sua rede (ou ambos, preferencialmente).

Leia também “Seu feed de notícias no Linkedin lhe dá sono? Siga algumas dicas que podem lhe acordar e aumentar as chances de sucesso”, e saiba como construir comunidades com #hashtags.

Outra funcionalidade super bacana é adicionar # nos posts que fizer no feed de notícias e nos artigos que publicar em seu perfil. Tenho notado respostas bastante positivas em posts com #hashtag, e muitos clientes têm relatado o mesmo.

Sugiro fortemente que comece a usar #hashtags em todas as publicações que fizer na rede, para aumentar o alcance do seu perfil e se conectar cada vez mais com profissionais que façam parte das comunidades (ou assuntos) de interesse comum.

Deixe seu comentário se curtiu o artigo. #amomaisquechocolate ler e saber sobre a opinião das pessoas da minha rede.

Obrigada pela leitura e até a próxima.

Abraços. Luciane Borges

Sobre a autora – Geminiana idealista, apaixonada por aprender e ensinar, fissurada pelo poder das redes sociais, sou executiva de comunicação, relações públicas, estrategista de mídias sociais, e palestrante, com MBA em Comunicação Corporativa pela ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing.

Após atuar por mais de 20 anos em multinacionais dos segmentos B2B e B2C, desenvolvendo projetos para construção de reputação e consolidação da marca, resolvi inovar na carreira, mergulhando no universo digital.

Hoje, assessoro profissionais e empresas a construírem e fortalecerem reputação digital, por meio de posicionamento estratégico nas redes sociais profissionais. Idealizadora da BeIn Digital, ministro cursos online sobre LinkedIn, sou palestrante sobre o tema e conduzo workshops – visando à ensinar os profissionais a explorarem tudo o que o LinkedIn oferece.

Visite meu blog lucianeborges.com para ler mais artigos, sobre carreira, networking, superação, empreededorismo e LinkedIn.

Visite o meu perfil e visualize minhas publicações

Convido-o a visualizar meu canal no youtube e assistir a todos os vídeos da série: Como Destacar o seu Perfil no LinkedIn.

Deixe seu comentário: