James Bond procurando emprego. Como seria seu perfil no LinkedIn?

Estava buscando cases de sucesso para ilustrar a palestra marca pessoal nas redes sociais, quando assisti ao material hilário da websérie produzida pela Unilever em 2015 com os atores do grupo Porta dos Fundos.  Ri muito com todos os episódios e gargalhei sem parar com o título James Bond.

A despeito de discordar  do excesso de palavrões utilizados (em todos os filmes),achei genial a sacada de derrubar a imagem de homem perfeito que acompanha o personagem e mostrar uma pessoa normal.

Foi quando me perguntei: e se James Bond (o personagem) tivesse um perfil no LinkedIn, como seria?

Pela pesquisa que realizei, encontrei quase 20 perfis com o nome James Bond e que atuam na empresa MI6, porém sem fotos e com classificação de perfil iniciante. Publicar uma foto de perfil é opcional, mas usuários com fotos de perfil têm 14 vezes mais visualizações de perfil do que aqueles que não têm foto.Hummm! Esta foi a deixa!

FOTO

Como seria a foto de perfil do espião mais famoso do mundo,  se ele tivesse que procurar emprego?. Divertido demais buscar exemplos na internet. Separei alguns modelos os quais considero inadequados.

Apesar da tradicional pose com os braços cruzados (muito utilizada por executivos), a foto tem informação em excesso.

Fica distante a compreensão do motivo para publicar uma foto ao lado do carro, moto, jet sky, avião ou qualquer veículo de transporte terrestre, aéreo ou marítimo.

Neste caso, a sugestão seria algo deste tipo.  

 

 

 

 

 

 

Amo Sean Connery.

Talvez tenha sido um dos melhores JB, mas foto com chapéu ou boné não dá!!

Outro ponto importante é que a pessoa esteja olhando para frente, como se conversasse com quem está visitando o seu perfil.

 

 

Alguém vai para uma entrevista de emprego usando óculos escuros? Pode nem ser entrevista, talvez uma reunião ou visita ao cliente.

 

No máximo, na recepção do escritório, com aquele charme estilo “JB” é preciso tirá-los. Então, não cabe foto assim no perfil LinkedIn.

 

 

Cenário de festa, com copo de bebida na mão e outros convidados ao fundo. Este exemplo passa longe da lista das fotos indicadas. Mesmo que seja um arquivo com alta resolução, mesmo que tenha sido em um evento corporativo, mesmo que a maquiagem e o cabelo estejam demais e a roupa lindíssima, o ambiente em si é desapropriado. E com copo na mão, então? De jeito nenhum.

TÍTULO 

Sabe aquela máxima “a primeira impressão é a que fica?”. No LinkedIn a primeira impressão é a que faz ficar. Quando o título do perfil é chamativo, automaticamente, a pessoa tem vontade de visitar o perfil.

É com o título do perfil que o profissional descreve QUEM É, O QUE FAZ, SUAS ESPECIALIDADES e SUA INSPIRAÇÃO.

Além disso, este é o local onde o sistema vai primeiramente para buscar palavras-chave. Os resultados que aparecem no topo das listas de busca são aqueles cujo perfil mostram as palavras digitadas por quem está buscando.

Imagino que um dos personagens mais emblemáticos da história do cinema, personagem da quarta franquia mais lucrativa de todos os tempos, não escreveria no título: em busca de recolocação, em transição de carreira, desempregado, buscando oportunidades no mercado, buscando desafios ou até  mesmo “em busca da próxima missão internacional”.

O título do perfil LinkedIn de James Bond, seria algo do tipo:

Agente secreto | Exímio atirador | Espião Internacional| Perito em Artes Marciais | Ajudo a realeza britânica a combater o crime em escala global

RESUMO

Headhunters e profissionais de RH indicam em uníssono que o “Resumo do perfil” é um dos espaço mais importantes de um perfil no LinkedIn.  Neste espaço, o profissional relata, brevemente, realizações importantes da carreira, reforça suas competências e demonstra um pouco da sua personalidade, instigando o leitor a conhecer mais sobre suas habilidades, formação e experiências.

São 2 mil caracteres, os quais podem ser preenchidos de forma à gerar a quem está lendo o seu perfil IMPACTO, EMPATIA e ENGAJAMENTO.

Certamente, o resumo do personagem iniciaria com “Grato por sua visita ao meu perfil. Meu nome é Bond. James Bond.

Os poucos parágrafos no resumo de seu perfil, não deixariam de fora palavras-chaves em frases como:

  •  Sétimo agente da categoria exímio atirador com licença para matar;
  • Sucesso em missões internacionais, combatendo o mal pelo mundo;
  •  A serviço do governo de Sua Majestade, com charme e elegância;
  • Vasto conhecimento em artefactos tecnológicos;
  • Ao longo da minha carreira de 24 filmes oficiais já produzidos, aniquilei 362 inimigos, 120 por arma de fogo, 84 por explosão, 71 utilizando um veículo e 25 usando como arma a gravidade;
  • Gestão de equipe de alta performance, por meio de liderança participativa.

Vale a pena conferir esta matéria da Forbes 007 hábitos poderosos de James Bond para ser um profissional de sucesso

 

Para deixar o resumo mais atrativo, do ponto de vista visual, Bond adicionaria a foto ao lado, com a descrição – VI Encontro Estratégico com Vossa Majestade, Palácio de Buckingham.

Clique aqui para baixar o e-book gratuito Como criar um resumo atraente no LinkedIn. 

 

 

Da mesma forma que tratei o eterno agente secreto internacional como um profissional normal, a minha sugestão é que olhe para você e sua trajetória profissional, buscando tudo que há de mega-secreto e o que o tornará único.

Busque mesmo. Devem haver diversas missões de sucesso ao longo da sua carreira a serem relatadas de maneira criativa, de forma a gerar destaque para o seu perfil no LinkedIn.

Até a próxima! Abraços. Luciane Borges

Espero que tenha gostado da leitura. Se gostou, compartilha com a sua rede!

Deixe seu comentário: