Neste Natal, EU Recomendo VOCÊ no LinkedIn

Recentemente, ouvi de um palestrante que a nossa frustração com a gestão do tempo & a produtividade está relacionada à quantidade de coisas planejadas e não realizadas. Inacreditável, mas chegamos ao início de Dezembro de 2016.

Sim, o tempo voou, ou ao menos, é a impressão que temos quando o calendário anual se encerra. Ironicamente, compromissos são adicionados aos dias que seguem, para celebrar o fim do ano ao lado de amigos, familiares e colegas de trabalho.

A sensação é a de que não haverá tempo para todos os eventos, confraternizações, almoços, happy-hours, jantares, festa da empresa e amigo secreto.

Mas e para quem não tem “os colegas da firma” para confraternizar? Independente do motivo. Pode ser porque está em transição de carreira, saindo da universidade, retornando de um ano sabático, para quem trabalha 100% online (como é o meu caso) ou viaja muito (como também é o meu caso). O que fazer?

Estava aqui conversando comigo mesma, tentando chegar à um formato que me permita celebrar meu ano (que por sinal, foi excepcional), compartilhando gratidão às pessoas que influenciaram minha trajetória profissional. Mesmo no ambiente online, houveram muitas. Profissionais com os quais tive o prazer de trabalhar em 2016. Exemplos que me fizeram refletir. Aproximações que, efetivamente, agregaram valor ao meu caminho profissional e pessoal. Influenciadores que me levaram a rever a forma como tenho conduzido meu trabalho.

Pensei em criar uma nova versão de “amigo secreto” com a minha rede aqui no LinkedIn. Na verdade, seria uma revelação de “amigo público” (porque de secreto não há nada, afinal de contas minha rede é aberta para visualização).

Só para deixar bem claro, o termo “amigo” foi usado para criar uma analogia com a tradicional celebração natalina. Como reforço nas minhas palestras, o objetivo do LinkedIn é conectar as pessoas e torná-las mais produtivas e bem sucedidas – o que está longe de promover amizades e afins. Não que isso deixe de ocorrer. Muito pelo contrário, criei laços fortes na maior rede profissional da internet, cujos contatos iniciais foram promovidos por questões de negócios.

ENTÃO, QUAL É A PROPOSTA? 

De hoje até o fim deste ano, vou recomendar cinco pessoas com as quais aprendi algo em 2016, como resultado da interação profissional. Preparei uma lista com carinho, mas pode até ser que a lista aumente!!! A quantidade é indiferente. O importante é por em ação a atitude de RECONHECER e RECOMENDAR. E a melhor forma de fazer isso aqui no LinkedIn é usar a funcionalidade RECOMENDAÇÃO.

Muitas vezes, deixada de lado, esta é uma oportunidade diferenciada para um perfil ganhar destacar na rede de maneira confiável e, o melhor, com o aval de testemunhas.

A recomendação é uma declaração fornecida por uma conexão de primeiro grau, sobre o trabalho de um colega, a performance de um membro da equipe, a atuação de um parceiro de negócios ou o diferenciado projeto de um aluno.

Cada vez mais recrutadores, gestores, investidores e pessoas que estejam buscando candidatos, parceiros ou clientes adicionam ao processo de tomada de decisão a indicação de outras pessoas nas quais confiam.

Sim, as pessoas querem saber o que outras pessoas estão falando à respeito do seu trabalho.

COMO FAZER UMA RECOMENDAÇÃO NO LINKEDIN?

No módulo editar perfil, logo abaixo do cabeçalho, há uma caixinha azul com o texto “visualizar perfil como”. Ao clicar nela, selecione a segunda opção da janela que se abre, “solicitar recomendações”. Uma nova janela se abrirá, onde você deve clicar em “conceder recomendações”. Depois, é só seguir as instruções do sistema.

QUAIS AS RAZÕES PARA RECOMENDAR ALGUÉM?

É nesta época do ano também que, geralmente, fazemos um balanço do ano que passou. Paramos para refletir sobre desafios e conquistas. Tentamos analisar erros e acertos. Buscamos entender as lições que ficaram. E uma coisa é certa, não conseguimos nada sozinhos.

Todos os resultados fruto da nossa dedicação e da colaboração de membros da equipe, parceiros, fornecedores e clientes. Muita gente ainda acredita que as recomendações no LinkedIn são feitas com base em organogramas – chefe recomendando funcionário. E era assim que acontecia quando a rede profissional foi criada. Mas agora é diferente. VOCÊ PODE RECOMENDAR:

  • Um parceiro de negócios ou de projeto.
  • Um aluno que se destacou durante o ano letivo.
  • Um colega de equipe, exatamente, por toda a colaboração da equipe para a finalização de determinado projeto.
  • Um fornecedor por ter superado suas expectativas e entregue mais do que, simplesmente, “constava no contrato”.
  • O seu chefe por ter lhe ensinado (por meio de exemplos práticos) atitudes de um verdadeiro líder.
  • Um parceiro por ter te mostrado novas formas de fazer melhor.
  • Um membro da sua equipe por toda a determinação e esforço para que o plano fosse entregue.

A lista é imensa. E nesse “Amigo Público” ainda tem a grande vantagem de ser um presente “gratuito” e ficar marcado para sempre na carreira (ou perfil) daqueles que forem presenteados.

Fica o convite. Vasculhe seu ano. Selecione pessoas que fizeram parte do seu ano profissional e as surpreenda com a mensagem “Neste Natal, Eu Recomendo VOCÊ no LinkedIn”.

E como não poderia deixar de ser, prepare o calendário para o ano que vem. A vida segue…

Agradeço por sua leitura. Até a próxima.

Luciane Borges

One comment on “Neste Natal, EU Recomendo VOCÊ no LinkedIn”

  1. Maria da Luz Nunes Preto Calegari disse:

    Excelente ideia, Lu. Parabéns.

Deixe seu comentário: